Entregas de adubos cresceram 5,3% em setembro no país

As entregas de adubos totalizaram 4,23 milhões de toneladas em setembro deste ano no país, segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

O volume foi 5,3% maior na comparação com o mesmo período de 2016.

No acumulado do ano (janeiro a setembro) foram entregues 24,79 milhões de toneladas no Brasil, 1,3% a mais frente a igual período do ano passado.

A Scot Consultoria estima um volume entregue entre 33,00 e 33,50 milhões de toneladas de fertilizantes no Brasil no acumulado de 2017, frente ao recorde em 2016, de 34,08 milhões de toneladas entregues.

A expectativa é de recuo gradual nas entregas de adubos no país até meados do primeiro semestre de 2018. O volume entregue neste último trimestre deverá ser menor comparativamente com o mesmo período do ano passado.

As altas de preços dos adubos e as incertezas com relação ao clima são fatores que deverão pesar na demanda pelo insumo em curto e médio prazos.

Com relação aos preços, segundo levantamento da Scot Consultoria, em outubro os preços dos adubos nitrogenados subiram, em média, 1,7% frente a setembro último.

Para os fertilizantes potássicos e fosfatados as altas foram de 0,2% e de 0,1%, respectivamente, no mesmo período.

Em curto prazo, a expectativa é de preços firmes para os adubos, acompanhando o cenário no mercado internacional. Para o final do ano, porém, em função dos estoques das empresas e a menor movimentação, é possível que o mercado volte a recuar em termos de preços.

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/entregas-de-adubos-cresceram-53-em-setembro-no-pais-164884